28 de fevereiro de 2011

Será que realmente sou um pagão?


Sinceramente, apesar de ser um grande admirador do ministério do Pr. Ricardo Gondim, hoje, gostaria muito de poder refutá-lo à luz das Escrituras Sagradas.

Confesso, que há exatamente uma semana, estou perplexo e 'nocauteado' com uma de suas mensagens! A verdade é que desde o momento em que ouvi no youtube a sua reflexão sobre a oração, não consegui orar mais do jeito que sempre orei em minha vida!

Pela primeira vez, um sermão me jogou na parede, me fez perder o fólego e me deixou 'tonto'!

A primeira reação que tive, foi a de não concordar com ele e dizer que o mesmo está equivocado, todavia, após ouvir cautelosamente e atentamente três vezes a mesma mensagem, digo que estou mais perplexo ainda e pensando seriamente que nestes anos de caminhada cristã, me portei completamente como pagão.

Oxalá, Pr. Ricardo Gondim que pudesse refutá-lo agora! Entretanto, desde pequeno, aprendi na Escola Bíblica Dominical que para refutar alguém precisaria de três coisas, a saber: coragem, coerência e provas.

Infelizmente, ou felizmente, somente tenho a coragem, portanto ainda me falta as duas principais coisas: coerência e provas, portanto, não tenho como refutá-lo!

Hoje, tenho apenas três opções: a primeira, deixar que esta mensagem me liberte! A segunda, fazer vista grossa e esquecer completamente que um dia ouvi tal coisa; ou a terceira, pedir a alguém que tenha coragem, coerência e provas para refutá-lo à luz do genuino Evangelho de Cristo.


Obs. Peço a todos os internautas que acessam o meu blog e que costumeiramente oram à Deus pedindo: casa, carro, justiça, porta de emprego, ou outro bem material, que ouçam atentamente a mensagem do pr. Ricardo Gondim abaixo, e se possível, deixem registrados os vossos comentários.

Em Cristo, sou grato.







Um comentário:

graciele.jesus disse...

me surpreendo a cada dia com a grandesa do meu DEUS.
realmente ele e meu amigo fiel.
a partir d hoje aprendo a orar pra q ele so continue me mantendo de pe.